30 de set de 2008

 

Teste rápido: você leva teste a sério?

Eu aposto que muitas mulheres acreditam e não acreditam nos testes de revista. Bom, eu sou uma delas: acredito e não acredito. Tem vezes que simplesmente faço todos os testes possíveis, tudo que eu vejo começo marcar 'xizinho', mas tem horas que eu acho tudo uma bobagem.

Mas enfim, a minha idéia hoje aqui não é me mostra nem muito contra ou a favor. Ou eu sou apenas uma curiosa a respeito dessa idéia. Num simples 'passei'pelo site da revista Gloss me deparei com três tipos de testes diferentes. Um apenas sobre moda e outros abordando comportamento e ética profissional, além de especificamente sobre um tipo de doença moderna ligado ao estresse e sentimentos.

Aí eu comecei a refletir um pouco que esses testes não apenas uma demonstração fútil de quem não tem muito o que fazer ( pois temos que ser sinceras e admitir que na maioria das vezes é isso que acontece mesmo), mas que podem sim ser o caminho para descobrir coisas a respeito da gente mesma. Que a gente pode melhor ou em alguns casos, procurar ajuda.

Pra mostrar que eu estava e estou de muita boa vontade fiz os três testes:

Você sabe se comportar no ambiente de trabalho?


Você sofre de estresse pós-traumático?


O que suas roupas dizem de você?


O que pode ser verdade e o que não é verdade sobre mim no resultado desses testes:

Teste 1: Que sim eu sou uma pessoa bem comportada no trabalho, uso roupas adequadas, tenho noção de regras de etiqueta ao tomar café, mas sim, eu grito pra chamar a atenção de um colega que está mais longe.

Teste 2: Meu nível de esteresse pós-traumático foi apontado pelo teste como moderado. Mas eu atribuo isso ao dia-a-dia super corrido que muitas vezes pode acarretar em algumas sensações parecidas com os de quem pode sofrer de uma experiência que ocasione esse tipo de patologia, como cansaço, estado de alerta e até dores em áreas específicas no corpo, no meu caso, as costas!

Teste 3: Pelo visto, minhas roupas mostram que eu sou uma pessoa que sabe exatamente o que combina com a minha personalidade, mas que eu poderia ousar mais. Quanto a essa parte eu já tenho lá minhas dúvidas, porque eu sempre peferi às tendências à moda :P

Marcadores: , ,

Comentários :
Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]


Links para esta postagem :

Criar um link


<< Página inicial

 

 
 
 
 
 
  • UMA REFLEXÃO SOBRE A CHUVA Tem gente que diz que ...
  • ENTREVISTA COM A BLOGUEIRA DO ACHADOS DO DIA Qu...
  • Ao desabrochar Quando os ares de primavera começa...
  • ENTRANDO DE SALTO-ALTO Minha mãe sempre me pergun...
  • EM TEMPO Eu gosto de frio, sério eu gosto, Quem n...
  • MUSICAL, É? Há um tempo atrás, se você me falas...
  • ESSE VERÃO VAI SER LONGO Andei reparando que os v...
  • 3 POR 10 Uma das coisas que eu mais adoro é achar...
  • A COZINHA MARAVILHOSA DAS BOAS IDÉIAS Parace que...
  • CONFORTO TOTAL Não sei se sou eu que estou trabal...